You are currently viewing Como identificar um site inseguro?

Como identificar um site inseguro?

Saber como identificar um site inseguro e agir quando se deparar com um é algo muito importante nos dias atuais.

Com o uso cada vez mais comum da internet, está também mais frequente a aplicação de golpes que podem fazer você perder muito dinheiro.

Pesquisas realizadas pela BigData Corp, a pedido do Serasa Experian, indicam que 40,10% dos sites com domínio brasileiro não estão seguros. E é por isso que precisamos entender como é um site inseguro e os principais golpes.

Se você quer saber mais sobre como identificar um site inseguro, continue a leitura!

Quais características de um site seguro

Mas afinal, quais são as características de um site seguro? Separamos uma lista que vai te ajudar nessa identificação:

  • Sites confiáveis têm boa reputação;
  • Sites seguros usam HTTPS ao invés de HTTP;
  • Possuem cadeado na barra de navegação;
  • Usam selo de blindagem disponibilizado por uma empresa certificada que faz uma auditoria do site;
  • Estão longe da lista de “não confiáveis” do Procon;
  • O hiperlink para ele é coerente com o direcionamento da página;
  • O site possui razão social.

Diante disso, vamos explicar abaixo algumas dicas interessantes de como realizar essa identificação de um site inseguro.

Mas, antes, veja quais são os riscos de vazamento de dados na internet.

Como identificar um site inseguro?

O Brasil é um dos campeões em golpes de phishing, realizados em sites inseguros com o intuito de fazer com que você forneça seus dados pessoais como senhas, CPF e endereço. Por isso, separamos abaixo algumas dicas importantes para você se prevenir.

Observe o Https

Como identificar um site inseguro

Ao acessar um site inseguro, será possível observar que ele não possui alguns indicativos de segurança. Um deles é se a letra “s” depois de “http” está presente, já que essa é uma camada de segurança.

Além disso, verifique se há um cadeado na barra de navegação, ao lado do link https.

Mesmo assim, é preciso estar atento já que existem sites inseguros simulando certificados SSL e enganando muitas pessoas.

Por isso, além desses detalhes, continue verificando conforme abaixo:

Verifique a URL

É claro que quando você acessa um site, deve constar o nome certo daquela empresa na URL. Porém, em alguns casos, a empresa utiliza URL encurtada, que faz com que na barra HTML apareça um nome que não é real.

Nossa dica aqui é repousar o ponteiro do mouse em cima do link e verificar na barra inferior do navegador se é o mesmo endereço indicado.

Assim, você saberá que está acessando um site real.

Lembre-se: domínios falsos, geralmente, utilizam caracteres Unicode e letras de alfabetos tailandês, cirílico e russos. Por isso, ao acessar o site, verifique se não houve a troca, por exemplo da letra “o” pelo numeral “0”, o que pode indicar golpe.

Pesquise a reputação e o histórico do site

Uma consulta no Google ou em sites como o Reclame Aqui podem te ajudar a não cair em golpe por comprar em um site inseguro.

Além disso, você ainda pode consultar se a empresa possui um perfil no Google Meu Negócio, ferramenta do próprio Google que ajuda usuários a entenderem se aquela empresa possui avaliações de outros clientes.

Evite clicar em anúncios, banners e links encurtados

Já falamos aqui sobre os links encurtados, mas é preciso estar atento também a banners e anúncios que prometem produtos e serviços a preços atraentes, pedindo seus dados bancários, por exemplo.

A não ser que você conheça o anúncio ou verifique a veracidade dele, evite clicar para não ser vítima de golpes por meio de spam.

Consulte sobre a empresa

Se um anúncio espetacular apareceu, mas você não conhece a empresa, comece procurando seu nome no Procon. Geralmente, os órgãos de proteção ao consumidor possuem um levantamento atualizado sobre lojas irregulares e isso vai ajudá-lo.

Procure ainda pelas informações de contato da empresa e cheque o CNPJ para verificar se é uma empresa regular no mercado.

Use ferramentas de segurança

A utilização de antivírus podem ser úteis por oferecerem bloqueios que evitam o acesso aos sites desonestos.

Você ainda pode utilizar um aplicativo de gerenciador de senhas que ajudam a guardar, de forma segura, por meio de chave mestra, as senhas de acesso aos sites que você mais utiliza.

Consulte a política de privacidade do site

Todo site deve possuir uma política de privacidade que deve ser clara e direta. Essa política vai indicar que o site está operando conforme a lei e sobre os regulamentos locais sobre armazenamento de dados.

Além disso é importante verificar também se o site está de acordo com a LGPD, Lei Geral de Proteção aos Dados. Para identificar isso basta acessar o site e, se ele dispuser de uma ferramenta de pop-up pedindo para que você autorize o compartilhamento, essa empresa está de acordo com a LGPD.

Leia também: Como se proteger dos golpes de WhatsApp.

Quais os principais golpes de um site inseguro?

Conforme já falamos, o Phishing é uma forma de conseguir informações pessoais e sigilosas dos consumidores como senha de cartão de crédito. Esse é um dos principais golpes realizados por sites inseguros.

Porém, existem outras formas de golpes utilizando sites inseguros. Veja os exemplos:

Oportunidades falsas de emprego

Alguns golpistas preferem elaborar sites que oferecem oportunidade de empregos falsos, atraindo vítimas que estão à procura de uma oportunidade e que acabam enviando dinheiro como uma forma de serem agenciados a fim de conseguir o emprego.

Além disso, as vítimas acabam fornecendo informações pessoais, situação muito perigosa que pode custar caro.

Envio de e-mail com links de sites inseguros

Um outro golpe comum é o recebimento de links por e-mails com promoções impressionantes. Ao clicar no link, o consumidor é direcionado para uma página de internet com a URL diferente, que copia seus dados bancários e utiliza para realizar compras online.

Viu como existem várias formas de se cair em um golpe por site inseguro na internet?

Se você foi vítima de golpe pela internet, procure ajuda de um profissional especializado em direito do consumidor o mais rápido possível. Só assim será possível tentar correr atrás do prejuízo.

O Quero Meus Direitos pode ajudar você nesse processo. Entre em contato com nossa equipe e faça uma consultoria gratuita sobre direito do consumidor. Saiba como podemos te ajudar!

A Quero Meus Direitos

Somos um meio ágil, simples e sem custo de solução de conflitos

Conectamos consumidores e trabalhadores, que tiveram seus direitos lesados a advogados especializados, através de um modelo ágil, descomplicado, sem custo de solução de conflitos.


Siga nossas redes sociais e não perca nossos conteúdos importantíssimos sobre os seus direitos: