You are currently viewing Como se prevenir de fraude no empréstimo consignado?

Como se prevenir de fraude no empréstimo consignado?

Infelizmente cair em golpe ou fraude está cada vez mais fácil e, quando o assunto é empréstimo consignado, o que se vê é um alto índice de boletins de ocorrência e de entradas judiciais para minimizar os prejuízos.

Nesse contexto, a frase “é melhor prevenir do que remediar” nunca fez tanto sentido. Ficar atento e tomar atitudes que evitem fraudes é algo muito importante hoje em dia. E para te ajudar, fizemos este texto com orientações para se prevenir de fraude no empréstimo consignado. Confira!

Como se prevenir de fraude no empréstimo consignado

As fraudes oriundas de empréstimos consignados estão cada mais comuns no Brasil. Geralmente elas acontecem com pessoas que não possuem hábitos de cuidados com as contas ou idosos mais inocentes.

Para se proteger e prevenir fraudes no empréstimo consignado, fizemos uma lista de ações que vão te ajudar a ficar mais atento!

Confira seu extrato bancário e do INSS periodicamente

A primeira dica é também a mais importante. Sabemos que ter que ficar olhando extrato e conferindo lançamentos em bancos não é uma tarefa agradável, mas ela se faz totalmente necessária.

Isso porque, um tipo de fraude é feito pelos próprios bancos, que creditam na conta do segurado, sem qualquer solicitação ou autorização do beneficiário, o valor correspondente à margem consignável disponível. Ou seja, se você não está acompanhando seu extrato o desconto da primeira parcela do empréstimo consignado que você não fez será debitado da sua conta em 90 dias.

Para consultar o extrato é muito simples, basta acessar o Meu INSS, pelo site ou pelo aplicativo, e verificar toda a situação do seu benefício.

Para isso:

  • Entre no site do Meu INSS ou no aplicativo
  • Faça login, digitando o seu CPF e sua senha;
  • Clique em “não sou robô”;
  • Localize a lupa de pesquisa com os dizeres “Do que você precisa?” e escreva “extrato de empréstimo consignado”;
  • Vai aparecer o benefício que você recebe. Após isso, clique em “baixar PDF”.

Se você não possuir nenhum empréstimo vai aparecer a informação: “Nenhuma informação encontrada para o documento informado”.

Caso você ainda não tenha o aplicativo baixado:

  • Vá até a loja de aplicativos no seu Android ou iOS;
  • Digite “Meu INSS”;
  • Clique para baixar.

Deixe seu benefício bloqueado

Você sabia que é possível deixar seu benefício bloqueado para empréstimos e só desbloquear quando você quiser usar o serviço? Essa é uma forma de garantir maior segurança para sua conta, além de evita de uma vez por todas que qualquer empréstimo seja feito em seu nome sem sua autorização.

Para realizar bloqueios e desbloqueios do benefício do INSS siga o passo a passo abaixo:

 Lembre-se de não passar sua senha do “Meu INSS” para ninguém!

Cuide os seus dados pessoais e documentos

Essa é uma dica comum de ser escutada, mas que poucas pessoas seguem. Os seus dados pessoais pertencem a você e a mais ninguém. Por isso, não forneça seu número de beneficiário, CPF ou qualquer tipo de informação pessoal por telefone, WhatsApp ou SMS, em hipótese alguma.

O órgão do INSS nunca entra em contato com o beneficiário por telefone para solicitar informações pessoais, por isso, caso você recebe algum contato se passando pelo INSS, não forneça a informação.

Uma dica importante é não entregar os documentos pessoais para desconhecidos. Cuide bem dos seus documentos! Em caso de perda ou roubo de documentos, é necessário que você vá até uma delegacia e realize um boletim de ocorrência. Também é aconselhável informar os Órgãos de Proteção ao Crédito, como SPC Serasa.

Outro detalhe diz respeito ao compartilhamento dessas informações com “amigos” e familiares. Este é um assunto delicado, mas é bom ficar atento: é comum acontecer fraudes com atuação de pessoas próximas. Infelizmente.  

Cuidado com sua assinatura

Fraude no empréstimo consignado. Mão de idoso assinando documento

Se você tem o costume de deixar registrado sua assinatura em qualquer ocasião, cuidado. Fraudes com assinatura são cada vez mais comuns e são as mais difíceis de serem revertidas. Isso porque se sua assinatura está em um contrato de empréstimo, por exemplo, você precisa provar que não foi você quem assinou.

Evite assinar qualquer tipo de documento ou algo que você desconheça e, na dúvida, leia tudo antes. Além disso, se for possível, prefira utilizar a assinatura digital de contratos.

Fique atento! Em hipótese alguma assine contratos ou documentos em branco.

Só faça contração de empréstimos em locais de confiança

A contratação de empréstimos (de qualquer natureza) deve ser feita apenas em instituições financeiras que você confia. Isso vai garantir a segurança de que você está contratando algo certo e que não vai ter dor de cabeça posteriormente.

Uma forma de verificar se o local é confiável ou não é consultando do CPF do agente correspondente do banco no site da Central de Registros de Certificados Profissionais.

Fraudes no empréstimo consignado

As principais fraudes em empréstimo consignado acontecem com pessoas que nunca fizeram empréstimo antes ou com pessoas que fizeram, mas que foram submetidas a renegociações de valores sem autorização.

É importante ressaltar que qualquer tipo de fraude em seu nome, você deve procurar imediatamente seus direitos para que você não fique com prejuízo financeiro e moral.

Conheça abaixo alguns tipos de fraudes:

  • Fraude de assinatura;
  • Fraude na operação digital;
  • Assinatura de contrato em branco;
  • Roubo de senhas e informações bancárias;
  • Empréstimo em nome de terceiros;
  • Pagamento de depósito antecipado;
  • Liberação de crédito com margem negativa;
  • Empréstimo consignado não autorizado;
  • Venda casada;
  • Falsos funcionários do INSS;
  • Oferta de crédito por telefone ou e-mail;
  • Sites falsos;
  • Documentos falsificados.

Fui vítima de fraude no empréstimo consignado, e agora?

Em primeiro lugar, como já falamos anteriormente, procure a polícia e abra um boletim de ocorrência o mais rápido possível. Para a justiça, é essencial que você tenha em mãos a prova de que você sofreu um golpe.

Após isso, entre em contato com o Quero Meus Direitos . Unimos cidadãos que buscam por seus direitos a advogados especializados no assunto.

Este post tem 2 comentários

Comentários encerrados.