You are currently viewing Novo tipo de fraude libera consignado do INSS sem autorização!

Novo tipo de fraude libera consignado do INSS sem autorização!

A contratação de empréstimo consignado por aposentados e pensionistas do INSS é algo comum. Isso se deve, principalmente, pela facilidade de contratação e a possibilidade de encontrar um valor com uma taxa de juros menor do que os demais empréstimos oferecidos no mercado. Porém, a mesma facilidade em solicitar o empréstimo é a facilidade de cair em fraude consignado INSS.

Os criminosos estão cada vez mais criativos e todos os dias surgem novos golpes. Por isso, assalariados que usam o INSS devem ficar atentos aos seus dados e às transações que estão em processo com seu nome, para não caírem em alguma fraude.

E para te ajudar a não cair em fraudes de consignado, fizemos este texto com orientações e dicas para se proteger do novo golpe. Confira!

Entenda o que é o empréstimo consignado

O empréstimo consignado é aquele que é descontado diretamente na folha de pagamento do tomador. Este tipo de transação pode ser vantajosa tanto para os bancos quanto para quem fez o empréstimo, já que possui menores taxas de juros e tem alto nível de adimplência.

Este serviço pode ser feito por:

  • Servidores públicos
  • Aposentados e pensionistas do INSS
  • Militares das formas armadas
  • Trabalhadores assalariados da categoria CLT de empresas privadas.

A autorização para o empréstimo consignado deve ser dada, na maioria das vezes, de forma escrita pelo cliente ou por meio eletrônico, não sendo permitida a contratação por telefone, através de ligação. Mesmo assim, este é um dos serviços que mais sofrem golpes no país.

Listamos abaixo algumas fraudes consignado INSS, confira:

Nova fraude consignado INSS

fraude consignado INSS homem idoso falando ao telefone

O novo golpe aplicado contra o aposentado e pensionista do INSS, geralmente, vem de onde menos se espera: de dentro das instituições financeiras.

É isso mesmo. Para ganharem comissão em venda do empréstimo e uma bonificação pelos juros cobrados no processo, o processo é realizado internamente e o valor cai na conta do cliente sem ele ao menos ter solicitado.

Essa ação é totalmente ilegal e só é possível pois as ações, normalmente, são realizadas com vítimas que já possuem um histórico de empréstimos, ou seja, a instituição financeira já possui arquivados os dados pessoais e assinaturas.

Caso isso ocorra com você, faça imediatamente um boletim de ocorrência. Com o B.O. em mãos, solicite o cancelamento da ação e, se não for resolvido, procure seus direitos! Mais à frente vamos falar melhor sobre isso.

Também é considerada fraude quando:

  • A pessoa nunca fez um empréstimo ou nunca solicitou um cartão de crédito consignado, mas, quando percebe, existe desconto em sua aposentadoria como se tivesse solicitado.
  • A pessoa de fato pediu um empréstimo consignado, mas a financeira realiza uma renegociação do valor, sem consultar previamente o tomador.

É importante ressaltar que, se você identificar qualquer tipo de fraude em seu nome, deve procurar imediatamente seus direitos para que você não fique com prejuízo financeiro e moral. É muito comum – apesar de absurdo – que o nome dos consumidores seja negativado indevidamente por questões com empréstimo consignado.

Além desse novo modelo de fraude, existem outras formas na qual o cliente pode se sentir lesado. São elas:

  • Fraude de assinatura: é a fraude mais comum de ser encontrada. Essa ação consiste em criminosos que falsificam a assinatura e anexam cópias dos documentos pessoais do cliente;
  •  Fraude na operação digital: fraude realizada em nome do cliente, através de uma falsa solicitação via aplicativos como WhatsApp ou pelo próprio site do banco. Neste caso, os criminosos aproveitam que alguns procedimentos são frágeis para se passarem por clientes e realizarem a solicitação;
  • Roubo de senhas e informações bancárias;
  • Documentos falsificados.

Caí em um golpe do consignado do INSS, e agora?

Para agir de forma rápida e evitar maiores transtornos, esteja sempre atento ao seu CPF e todas as transações com seu nome. Só assim você irá diminuir os riscos de cair em golpe do INSS. Mas, se mesmo assim você foi vítima de fraude, procure imediatamente a polícia e registre um boletim de ocorrência.

Além disso, o Quero Meus Direitos possui uma consultoria gratuita para esses casos e está pronto para te ajudar caso você se sinta lesado nessas e em outras situações jurídicas.

Entre em contato com nossa equipe e saiba como garantir que seu nome seja preservado e que essa dívida, que não é sua, saia do seu nome o mais rápido possível.

Fique atento! Em resumo, as fraudes do INSS acontecem por que:

  • Instituições financeiras nem sempre possuem processos seguros e que visam à proteção de dados dos clientes;
  • Ingenuidade de clientes que acabam passando seus dados e senhas para desconhecidos;
  • Estelionatários sempre buscam novas formas de fraudar informações e criar novos golpes.

Principais métodos para evitar fraudes

Podemos listar várias ações que irão te ajudar a prevenir fraudes com seu CPF, mas a principal delas ainda vai ser: cuide dos seus documentos e fique atento ao registro do seu CPF no Serasa.

Com essa simples ação você saberá de imediato se algo estranho acontecer, ou se algum empréstimo consignado for solicitado em seu nome.

Além disso, listamos abaixo algumas ações que ajudam a reduzir os riscos de ser vítima de fraude:

  • Cuide dos seus dados pessoais e documentos: não forneça senhas ou dados pessoais para ninguém (amigos ou família, a não ser que seja de sua extrema confiança). Se precisar de ajuda na instituição financeira, fique atento para que o atendente não veja sua senha. Além disso, se alguém te ligar solicitando a confirmação dos dados, não confirme.
  • Só faça contração de empréstimos em locais de confiança: Para te ajudar a escolher a instituição com base na credibilidade e na confiança, faça uma consulta do CPF do agente correspondente do banco no site da Central de Registros de Certificados Profissionais.
  • Bloqueio/desbloqueio da conta do INSS: esta é uma ação simples e muito importante. Para evitar fraudes você pode deixar seu benefício do INSS bloqueado até que decida usá-lo. Assim, você garante maior segurança para sua conta e evita de uma vez por todas que qualquer empréstimo seja feito em seu nome.

Para realizar bloqueios e desbloqueios do benefício do INSS:

 Lembre-se de não passar sua senha do “Meu INSS” para ninguém! E lembre-se também que, caso aconteça qualquer tipo de fraude no seu nome, você pode acionar a equipe do Quero Meus Direitos. A Quero Meus Direitos une cidadãos que buscam por seus direitos a advogados especializados no assunto. Entre em contato e lute por seus direitos.