Você está visualizando atualmente O que é CNIS? Como emitir o extrato de contribuição

O CNIS representa um dos pilares fundamentais do sistema previdenciário brasileiro e, neste texto, vamos falar em detalhes o que é CNIS, sua importância, como funciona e como os trabalhadores podem utilizar essa ferramenta para garantir seus direitos previdenciários.

Quer saber mais sobre o CNIS e como emitir o extrato de contribuição no INSS? Continue a leitura desse texto!

O que é CNIS?

O Cadastro Nacional de Informações Sociais, CNIS, é um banco de dados administrado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que centraliza todas as informações relativas às contribuições sociais dos trabalhadores brasileiros.

Este cadastro é fundamental para a administração e concessão de benefícios previdenciários, como aposentadorias, pensões por morte, auxílio-doença, e outros auxílios oferecidos pelo sistema de seguridade social do Brasil.

Principais Informações no CNIS

No CNIS, estão registradas diversas informações importantes, como:

  • Dados pessoais: nome, CPF, data de nascimento, e outros dados pessoais do trabalhador;
  • Histórico de contribuições: relação de todas as contribuições previdenciárias realizadas, tanto pelos empregados quanto pelos empregadores, incluindo o valor e a data das contribuições;
  • Vínculos empregatícios: registros de todas as empresas onde o trabalhador esteve empregado, incluindo períodos de vínculo e remunerações recebidas;
  • Informações de benefícios: dados sobre benefícios recebidos, como auxílio-doença, aposentadoria, entre outros.

Para que serve o CNIS?

O CNIS é uma ferramenta essencial para o sistema de seguridade social do Brasil. Ele desempenha várias funções cruciais que beneficiam tanto os trabalhadores quanto o governo como, por exemplo:

Registro de contribuições previdenciárias

O CNIS serve como um banco de dados centralizado que registra todas as contribuições previdenciárias dos trabalhadores brasileiros. Isso inclui as contribuições feitas por empregados, autônomos e empregadores.

Cálculo e concessão de benefícios

O histórico de contribuições armazenado no CNIS é utilizado pelo INSS para calcular os benefícios previdenciários. Isso inclui aposentadorias por idade, por tempo de contribuição, por invalidez, pensões por morte, auxílio-doença, entre outros.

Comprovação de tempo de serviço

O CNIS permite que os trabalhadores comprovem seu tempo de serviço e suas contribuições ao longo da vida laboral.

Segurança e transparência

Ao centralizar as informações de contribuições previdenciárias, o CNIS aumenta a transparência e a segurança dos dados, ajudando a evitar fraudes e inconsistências nos registros, garantindo que os trabalhadores tenham seus direitos reconhecidos corretamente.

Facilidade de acesso às informações

Os trabalhadores podem acessar suas informações no CNIS de maneira fácil e prática através do portal “Meu INSS” ou do aplicativo para smartphones.

Suporte para a administração pública

Para o governo e o INSS, o CNIS fornece dados precisos e atualizados que ajudam na gestão eficiente do sistema previdenciário, na formulação de políticas públicas e na tomada de decisões baseadas em informações confiáveis.

Facilitação de correções

Caso o trabalhador identifique erros ou omissões em seu CNIS, ele pode solicitar a correção dessas informações.

Como consultar o Extrato Previdenciário CNIS?

O que é CNIS

Mas afinal, como consultar o extrato previdenciário CNIS e saber se ele está correto ou não?

Consultar o Extrato Previdenciário no CNIS (ou extrato de contribuição) é um procedimento importante para os trabalhadores acompanharem suas contribuições e garantirem que todas as informações estejam corretas.

Abaixo, separamos um passo a passo completo para realizar essa consulta. Confira:

Consulta Online

  1. Visite o site oficial do INSS;
  2. Clique em “Entrar” para acessar sua conta ou em “Cadastre-se” para criar uma nova;
  3. Após entrar na sua conta, vá até a seção de “Serviços“;
  4. Localize a opção “Extrato Previdenciário (CNIS)” ou “Extrato de Contribuições“;
  5. Clique na opção e siga as instruções para visualizar seu extrato.

Consulta pelo Aplicativo “Meu INSS”

  1. Baixe e instale o aplicativo “Meu INSS” em seu smartphone pela App Store (para dispositivos iOS) ou Google Play Store (para dispositivos Android);
  2. Faça login com suas credenciais, CPF e senha, ou realize o cadastro se ainda não tiver uma conta;
  3. Navegue até a seção de “Extrato Previdenciário” ou “Extrato de Contribuições” e siga as instruções para visualizar seu extrato.

Consulta Presencial

Caso prefira, você também pode consultar o Extrato Previdenciário do CNIS presencialmente:

  1. Para isso, agende seu atendimento pelo site meu.inss.gov.br ou ligue para o telefone 135;
  2. No dia agendado, vá até a agência do INSS com seus documentos pessoais, como RG e CPF;
  3. Explique ao atendente que deseja consultar seu Extrato Previdenciário do CNIS;
  4. O atendente irá auxiliá-lo no processo de consulta e fornecer as informações necessárias.

Como fazer o acerto do CNIS: analisar e corrigir extrato

Fazer o acerto do CNIS é um passo essencial para garantir que todas as suas contribuições previdenciárias estejam corretamente registradas e que você tenha direito aos benefícios previdenciários devidos.

Por isso, separamos um guia passo a passo para analisar e corrigir seu extrato do CNIS.

  1. Com o extrato em mãos, verifique se os dados pessoais como nome, CPF, data de nascimento, etc., estão corretas;
  2. Verifique se todos os períodos de trabalho e contribuições estão registrados corretamente. Compare as datas e os valores das contribuições com seus contracheques, carteiras de trabalho, e outros documentos;
  3. Confirme se todas as empresas onde você trabalhou estão listadas e se os períodos de vínculo estão corretos.

Verificou seu extrato do CNIS e identificou que tem algo errado?

Você vai precisar recolher documentações como:

  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Contracheques;
  • Guias de recolhimento de contribuição (GPS);
  • Declarações do empregador;
  • Outros documentos que comprovem o vínculo empregatício e as contribuições realizadas.

Depois, você vai partir para a solicitação da correção das informações no CNIS. Para isso, siga estes passos:

  1. Agende um atendimento no INSS. Use o portal “Meu INSS” ou ligue para o número 135 para agendar um atendimento presencial;
  2. Organize todos os documentos que comprovam as informações corretas;
  3. Compareça ao atendimento: no dia agendado, leve todos os documentos ao INSS. Durante o atendimento, explique as inconsistências e apresente a documentação comprobatória.
  4. Acompanhe a solicitação: após o atendimento, acompanhe o status da sua solicitação pelo portal “Meu INSS” ou pelo aplicativo.

Após solicitar o acerto, é importante confirmar que as correções foram realizadas corretamente. Acesse novamente seu extrato do CNIS após alguns dias ou semanas e verifique se as informações foram atualizadas conforme solicitado.

Se preferir, você pode contar com a ajuda de um advogado especializado em direito do trabalhador.

Entre em contato com o Quero Meus Direitos de forma gratuita e sem compromisso e saiba como podemos te ajudar.

Deixe um comentário